Facebook Ads para E-commerces: 11 dicas práticas para uma estratégia vencedora

Facebook Ads para E-commerces: 11 dicas práticas para uma estratégia vencedora

O Facebook/Instagram mudam seus algoritmos constantemente para personalizar o que os usuários visualizam no próprio feed. Por isso, o Facebook Ads para E-commerces precisa de algumas técnicas.

Dessa maneira, como empresa, as chances de o seu público-alvo ver seu conteúdo orgânico nas mídias sociais estão mais baixas do que nunca. Isso faz com que se torne cada vez mais necessário entrar com um investimento e direcioná-lo corretamente para o seu público.

Mas eu não quero investir em anúncios que não vão se converter em vendas. E aposto que você também não, certo?

Para isso, é preciso se mergulhar no universo do Facebook Ads. Além de compreender as configurações disponíveis de campanhas, alinhar seus objetivos e criar bons anúncios, é preciso ter uma estratégia de funil de vendas bem desenhada.

Anúncios do Facebook servem para mais do que simplesmente conseguir tráfego segmentado para um site. O Facebook Ads para e-commerces pode ser usado em qualquer estágio do seu funil de vendas.

Funil de Vendas Facebook

Parece muita coisa? Talvez sim, mas para te ajudar reunimos neste artigo 11 dicas práticas para construir seu funil de forma inteligente e transformar seu investimento em uma prática rentável através do Facebook Ads para e-commerces.

Não estou falando apenas do básico. O conteúdo a seguir é para ajudá-lo a construir as melhores anúncios e estratégias possíveis.

1. Coloque o Facebook Pixel no seu site

Porque instalar o pixel do Facebook?

  • Alcance as pessoas certas

É possível criar listas de público através dos dados coletados de usuários dentro do seu site. Otimize seus anúncios para pessoas com maior propensão de compra após passar pelo seu site e crie públicos com comportamento semelhante às pessoas que já compraram de você.

  • Mensuração de resultados de seus anúncios

Entenda as vendas e receitas geradas pelos seus anúncios e otimize seus investimentos para melhorar cada vez mais. Configure suas campanhas para otimizarem a veiculação de acordo com seus objetivos

Para criar um pixel, acesse o Facebook Business, indo até o Gerenciador de Eventos, e até a sua aba Pixels. Clique em “Criar um Pixel”.

Pixel Facebook - Facebook Ads para ecommerces

Em seguida, adicione o pixel ao seu site. A facilidade da implementação pode variar de acordo com a plataforma que utiliza. Caso tenha um desenvolvedor, encaminhe as diretrizes do próprio Facebook ao criar o pixel que ele conseguirá implementar tranquilamente.

Desse modo, você pode usar o pixel para monitorar as atividades e os eventos no seu site que você quer que o Facebook leve em consideração para segmentar os anúncios.

2. Crie imagens incríveis para seus anúncios

Para garantir um bom anúncio, recomendo escolher imagens que sigam as seguintes orientações:

  • As imagens devem ser claras, coloridas e chamativas.
  • Ser diretamente relevante para o seu serviço ou produto.
  • Evite imagens com as mesmas cores do Facebook (azul e branco), porque elas podem se camuflar e os usuários não a notarão.
  • Procure incluir imagens de pessoas felizes. Melhor ainda se elas aparecerem de fato usando o seu produto.
  • Confira se a imagem que você escolheu tem o tamanho adequado ao tipo de anúncio selecionado.

Lembre-se que as pessoas tendem a passar rápido pelo seus feeds do Facebook.

Você precisa, inegavelmente, de uma imagem que se destaque em meio a todo o resto.

O Facebook permite, sim, que você adicione textos às suas imagens. Mas esse texto não pode ultrapassar 20% da área total.

Confira alguns exemplos de anúncios que explodiram no ano de 2017. (De uma olhada na criatividade do segundo exemplo).

3. Segmentações de interesse – Encontre novos usuários da maneira correta.

Aqui é preciso bastante atenção. Uma das maneiras mais fáceis de se gastar dinheiro em Facebook Ads e não obter o retorno esperado é através de segmentações de interesse mal utilizadas.

Se você mirar no público errado, que não se importa tanto com o seu produto, vai ser muito mais difícil gerar conversões de forma consistente.

É importante ter em mente que normalmente o Facebook é utilizado por pessoas para socializar, não para comprar.

Dito isso, o foco é entender o seu público e encontrar uma segmentação precisa para aquisição de novos clientes.

Para isso, você vai precisar reservar uma parte do investimento para testes, e isso deve ser aplicado constantemente, sempre buscando novas oportunidades e então direcionando um investimento maior para onde estão os resultados.

Interesses FAcebook - Facebook Ads para ecommerces

Após definir um interesse relacionado ao seu público-alvo o facebook te oferece sugestões de outros interesses e páginas que possam fazer sentido trabalhar em conjunto.

Porém, se seu interesse inicial for muito amplo, as sugestões podem não estar diretamente relacionadas ao seu público-alvo.

Tente selecionar um interesse mais restrito, até encontrar resultados mais próximos do seu interesse.

Ao juntar muitos interesses específicos, você poderá criar um público de fãs incondicionais.

Lembre-se, se você tentar agradar a todos, você não vai agradar ninguém.

4. Crie públicos personalizados de pessoas que já visualizaram uma página do seu produto.

Poucas pessoas vão comprar seu produto da primeira vez que entrarem no seu site.

Pesquisas sugerem que 98% dos visitantes do seu site não vão comprar nada em sua primeira visita.

Por mais que você crie um anúncio de Facebook super persuasivo e atinja o público perfeito, pode haver milhões de razões pelas quais as pessoas não vão comprar em sua primeira visita.

E tudo bem.

Basta que alguém olhe sua página de produto para você saber que estão interessados no seu produto.

Criar um público personalizado apenas para pessoas que viram a página do seu produto pode ajudar a transformar esses visitantes em compradores.

Publico Personalizado

Quando você criar esse público personalizado, exclua quem já é cliente.

Isso significa que você deve direcionar apenas para pessoas que viram o seu produto, mas que ainda não realizaram uma compra.

Depois, você pode usar esse público personalizado para oferecer um anúncio personalizado direcionado apenas para eles.

Por exemplo, ofereça um pequeno desconto de 10% por tempo limitado. Isso pode alavancar bastante as taxas de conversão.

5. Recupere o carrinho abandonado

Para levar o remarketing um passo à frente, você pode monitorar pessoas que não só tenham visitado sua página do produto, mas que também adicionaram produtos ao carrinho e depois abandonaram antes de terminar o checkout.

Por que monitorar o abandono de carrinho?

Quase 70% dos visitantes que chegam ao ponto de adicionar um item ao carrinho vão abandoná-lo antes do checkout.

É um potencial enorme de vendas!

Você já sabe que essas pessoas consideraram comprar o seu produto.

Quem abandona o carrinho pode estar só precisando de um empurrãozinho para completar o pedido.

Você pode facilmente criar um anúncio perguntando se elas esqueceram de comprar o item.

Então desenvolva o anúncio incluindo uma imagem do item e deixando um link para o produto para que consigam finalizar o pedido com facilidade (Anúncios Dinâmicos do Facebook).

Tenha em mente que alguém que abandonou o carrinho ontem é mais fácil de converter do que alguém que abandonou o carrinho várias semanas atrás.

Se você vai direcionar seu anúncio para pessoas que abandonaram o carrinho há algum tempo, você vai ter que oferecer descontos maiores para atraí-las de volta.

6. Faça upselling para os seus clientes atuais

Muitas empresas segmentam seus emails para tentar vender produtos adicionais para seus clientes já existentes.

Mas você sabia que o mesmo princípio se aplica para anúncios do Facebook?

Upselling é uma maneira fácil de aumentar suas vendas monitorando pessoas que você já sabe que têm interesse no seu produto.

Desse modo, alguém que já tenha comprado de você é mais propenso a confiar em você e na sua marca.

Isso é mais fácil do que vender para um novo cliente.

Afinal, 65% dos negócios de uma empresa vêm de clientes já existentes.

Você pode alavancar suas vendas e ter um ótimo retorno sobre o seu investimento em anúncios fazendo upselling.

7. Crie programas de referência

Agora você sabe que os anúncios do Facebook podem estimular seus clientes a fazerem compras repetidamente.

Mas eles também podem estimular clientes a converterem seus amigos em outros clientes.

Como?

Usando o Facebook Ads para E-commerces para promover programas de referência.

Afinal, as pessoas são mais propensas a prestar atenção em um pop-up atraente no feed do Facebook do que em um email sobre um programa de referência.

Assim, você pode oferecer aos seus clientes atuais um desconto em troca de uma referência.

Algo como: Compartilhe nossa página de produto e receba um cupom de 20% de desconto!

Além de aumentar seu alcance orgânico e suas vendas, ainda consegue transformar clientes em defensores da marca.

8. Crie e segmente um público semelhante

Se você já tem uma lista de clientes com pelo menos algumas centenas de pessoas, você pode criar um público semelhante no Facebook.

Publico semelhante

Isso significa um grupo de pessoas que se assemelham aos seus compradores atuais ou antigos.

Ao passo que, quanto maior e mais detalhada for sua lista de clientes, mais fidedigno seu público semelhante será.

Se você já tem clientes recorrentes e defensores da sua marca, garanta que eles façam parte da lista que você usar para criar seu público.

Por que um público semelhante é importante?

Esse público é um grupo de pessoas que o Facebook acredita ser parecido com os seus atuais clientes.

Isso significa que há grandes chances deles também gostarem da sua marca e do seu produto.

9. Crie uma oferta

Ofertas do Facebook são mais uma chance de aumentar as vendas do seu e-commerce usando a plataforma.

Por isso, são uma ótima maneira de oferecer um desconto ou uma oferta por tempo limitado para seguidores e clientes.

As ofertas fazem com que as pessoas acessem seu site para conferi-las, e se elas chegam até o seu site, a chance de comprarem aumenta.

Você pode criar uma oferta diretamente a partir do campo de publicações da sua página – onde você normalmente posta atualizações de status.

Criar oferta

Ao clicar em “oferta” uma nova caixa vai se abrir, com diversas opções de configuração. Basta escolher as que melhor caracterizam o que você quer oferecer.

Ofertas

O pulo do gato é que você vai precisar optar por promover a oferta para selecionar um público-alvo.

Se você não fizer isso, a oferta vai só aparecer na sua linha do tempo. E você não quer que isso aconteça, pois é muito menos eficaz.

10. Utilize palavras que gerem cliques – Gatilhos Mentais

Os usuários no Facebook estão sendo impactados por todo tipo de assunto em seu feed de notícias e você precisa de um diferencial para chamar a atenção.

Mas fique atento,  use um título chamativo que se relacione com o seu conteúdo. Caso contrário, você com certeza irá gerar uma frustração no usuário, que nunca tomará a decisão de compra.

Alguns exemplos de gatilhos mentais (confira aqui o que são os gatilhos mentais e como utiliza-los da maneira correta):

  • Escassez;
  • Urgência;
  • Autoridade;
  • Reciprocidade;
  • Prova Social.

Nós somos altamente suscetíveis a palavras que contenham um senso de urgência.

Se você já sabe que seu potencial cliente está interessado no seu produto, é aí que você vai dar aquele empurrãozinho para a decisão de compra.

11. Insira imagens em carrossel no seu anúncio

Todo mundo adora um slideshow, né?

Anúncios em carrossel podem mostrar vários anúncios na mesma tela, apresentando vários produtos e deixando seus visitantes curiosos.

Eles também podem destacar opções diferentes de um mesmo produto, como cores ou modelos.

O Facebook oferece o anúncio em “Formato Carrossel” que te permite mostrar até 5 imagens e/ou vídeos com títulos, links e calls to action em uma única unidade de anúncio.

Carrossel Facebook - Facebook Ads para ecommerces

Conclusão

A estratégia ideal varia de acordo com a empresa, o cliente e objetivo.

Se você seguir essas dicas e adaptá-las à sua empresa, esteja preparado para um aumento nas vendas através do Facebook Ads para E-commerces.

Só tenha em mente que você precisa ser flexível. Teste diferentes possibilidades e veja o que funciona melhor, então direcione seu investimento nisso!

Em síntese, sempre procure maneiras de mudar e melhorar.

Então, boas vendas!

O que achou das dicas de Facebook Ads para E-commerces? Conta pra gente! Se tiver alguma outra recomendação ou qualquer dúvida é só deixar nos comentários abaixo que vamos respondê-lo.

Serviços Flyon