Funil de Vendas do Google Ads: Veja como construir o seu!

Funil de Vendas do Google Ads: Veja como construir o seu!

Já vimos as principais diferenças entre Google Adwords e Facebook Ads. Agora veremos como construir um funil de vendas completo, a partir do Google Ads.

Uma das campanhas mais usuais do Google é a de rede de pesquisa. Nela, definimos um termo (uma palavra-chave). Isso para poder aparecer entre os primeiros resultados de pesquisa do Google quando o usuário fizer uma busca. 

Funil-de-vendas-do-Google-Ads

Assim, vemos que as campanhas de rede de pesquisa se localizam no fundo do funil. Isso porque o usuário já sabe o que quer e já está buscando por uma solução ativamente. Então, pra podermos trabalhar com o funil completo utilizando o Google Ads, é importante conhecer também um outro tipo de campanha. 

Índice:

  1. GDN – A rede de Display do Google
  2. Funil de Vendas: Curso de Guitarra
    1. Aprendizado e Descoberta
    2. Reconhecimento do Problema
    3. Consideração de Solução e Decisão de Compra

1. GDN – A rede de Display do Google

Esse outro tipo de campanha é conhecido como GDN – Google Display Network.

Funil-de-vendas-do-Google-Ads

Portanto, é uma rede de sites parceiros do Google que disponibiliza espaços para que anunciantes coloquem seus banners. Então, quando você está navegando na internet, provavelmente você já viu propagandas espalhadas pelos sites. Por isso, é muito provável que seja um espaço disponibilizado para o próprio GDN.

Desse modo, repare nos sites que você costuma acessar. Repare nas propagandas que aparecem: elas podem ser banners disponibilizados para que os anunciantes coloquem os seus anúncios. 

Por isso, se você passar o seu cursor pela propaganda e aparecer o ícone Ads by Google, significa que é um espaço disponibilizado pelo site em questão para que o Google preencha com anunciantes que têm interesse em aparecer nesses locais.

Então, esses banners fazem parte da rede de Display do Google. Entretanto, nem todos os anúncios que você encontra nos outros sites são dessa rede de Display, mas grande parte deles sim. Dado que a rede tem mais de 2 milhões de sites espalhados pelo mundo.

Dito isso, vamos criar um exemplo de funil!

2. Funil de vendas: Curso de Guitarra

Para isso, vamos retomar o exemplo do curso de guitarra – usado para entendermos em que situação usar o Facebook Ads ou o Google Adwords, quando não temos como investir nos dois ao mesmo tempo. Lembrando que esse exemplo pode ser usado analogamente para entendermos qualquer outro tipo de serviço ou produto. Por isso, é só manter a mesma ideia, entendendo onde está seu público-alvo, quais são as perguntas e objeções dele e aplicar da mesma forma.

Funil-de-vendas-do-Google-Ads

1. Aprendizado e Descoberta

Então, para trabalharmos o aprendizado e a descoberta, nesse curso de guitarra, uma forma seria: criarmos uma campanha de Display pra poder impactar ativamente os usuários que estão navegando pela internet. A partir daí, pra poder levantar esse interesse e para que o usuário possa descobrir que existe a possibilidade de aprender a tocar guitarra, por exemplo.

Assim:

Aprendizado e descoberta

 

A partir desse banner, você redireciona o usuário para acessar seu site com conteúdo relevante e de qualidade, que esteja alinhado com a mensagem que você divulgou. Assim, começamos a despertar esse interesse do usuário pelo assunto. 

Nesse caso, você estará impactando um público frio. Você estará aparecendo ativamente para um público que você segmentou na sua campanha de Display. Agora começaremos a segmentar, desse público frio, pessoas que estão começando a demonstrar interesse no assunto que você está oferecendo. 

Desse modo, jogando o usuário para o seu site, conseguimos definir um novo público: pessoas que acessaram seu site para poder impactar futuramente. Como fazer isso? 

Existe uma TAG do Google que você pode instalar no seu site e você vai marcar (inserir um cookie) no navegador do usuário para dizer: “quero saber que esse usuário passou pelo meu site”. Você não vai saber nenhum detalhe a respeito dele, mas você vai saber que ele passou por aquela página. 

Assim, numa próxima campanha você poderá definir: “nessa campanha, eu quero impactar somente os usuários que já passaram por essa página”. Chamamos isso de Campanha de Remarketing. Saiba mais sobre as estratégias de Remarketing e porque fazê-lo na sua loja! Desse modo, vamos afunilando um público frio e grande para um público um pouco menor, em que já sabemos que este já demonstrou interesse e, sabendo que ele está alinhado com a nossa oferta, poderemos oferecer um produto mais específico. 

Topo de funil + GDN

A partir da plataforma do Google Ads, existem algumas opções disponíveis pra você impactar o usuário quando ele está navegando. Tais como: os interesses e hábitos dos usuários que estão navegando na internet, o que eles pesquisam ou planejam ativamente ou como eles interagiram com a sua empresa. Este último caso, é aquele da TAG instalada no site para impactar o público de uma forma um pouco mais afunilada. Isso porque, nesse caso, já selecionamos um usuário que já passou por uma página específica para poder impactá-lo novamente. 

Entretanto, na nossa campanha de topo de funil, vamos tentar definir quais são os interesses ou hábitos dos usuários a que estamos querendo apresentar o nosso Display. No caso de um curso de guitarra, selecionaríamos as categorias: Mídia e entretenimento e Amantes de Música. 

Criando essa campanha de topo de funil, começamos a ter tráfego para o nosso site!

Banner_Curso_Marketing_Digital_Imobiliárias

2. Reconhecimento do Problema

O segundo passo seria o Reconhecimento do Problema. A ideia nesse ponto é: basicamente, queremos mostrar para o usuário que, apesar do contato inicial dele com nosso tema, existe um assunto mais complexo e mais avançado. Assim, se ele tiver mais interesse, ele precisa se aprofundar um pouco mais. 

Aqui, novamente, podemos trabalhar tanto campanha de rede de pesquisa – que seria o padrão. Assim, portanto, se ele pesquisar por “Escolas Musicais” e nosso anúncio aparecer no resultado de pesquisa, é interessante que já estaremos trabalhando um usuário que já nos conheceu e está caminhando ao longo do funil.

Sendo que também podemos trabalhar uma campanha de rede de Display, impactando tanto o público frio, quanto o público interessado – aqueles usuários que já sabemos que passaram pela nossa página. Então definimos aquele público de quem acessou a página nos últimos 60 dias, por exemplo, impacta com um novo Display, dizendo: “Conheça as escalas musicais e aprenda a improvisar”

Reconhecimento-do-Problema

Mesmo que estes sejam exemplos, você saberá muito melhor quais são as dores e as perguntas do seu usuário. Isso porque você vai poder alinhar a sua comunicação ao longo do funil. 

3. Consideração de Solução e Decisão de Compra

Por fim, estas são etapas que serão trabalhadas como um conjunto. Isso porque o importante da Consideração de Solução é mostrar para o usuário que o seu produto oferece realmente o que ele está procurando.

 Então, como você pode fazer isso? Quebrando algumas objeções! Por isso, é interessante você aparecer para buscas como:

  • Cursos de guitarra funcionam?
  • Qual o melhor curso de guitarra?

E trabalhar, dentro da sua página, questões como: O preço do curso vale a pena?. Assim, você pode mostrar para o seu usuário que um curso físico acaba sendo muito mais caro e seu curso vai entregar tanto resultado, quanto um curso num local físico.

Para quebrar essas objeções, você pode, também, colocar depoimentos de alunos dentro da sua página. Desse modo, quando o usuário acessar a sua página, ele verá pessoas que já aprenderam guitarra com você e isso acaba gerando uma prova social muito importante para que o usuário tome uma decisão ao final do funil.

Veja no nosso vídeo o passo a passo de como seria uma campanha da rede de pesquisa e tentando impactar o usuário dessa forma:

Feito isso, na etapa final da Decisão de Compra, terminamos o caminho do funil! Dessa forma, basicamente, o usuário já tomou a decisão de compra. E, se tudo der certo, ele tomou essa decisão de compra pelo produto e/ou serviço que você está oferecendo!

 

Esperamos que você tenha entendido um pouco melhor sobre como construir o seu funil de vendas do Google Ads! E, se você quiser saber na prática como construir as campanhas, como criar as listas de remarketing e algumas outras dicas técnicas, entre em contato conosco!