Marketing para e-commerce: Guia para você vender mais!

Marketing para e-commerce: Guia para você vender mais!

Quando falamos sobre marketing para e-commerce, independente do segmento, é preciso considerar que qualquer estratégia deve ser analisada e alinhada com os objetivos pretendidos de se atingir.

É por isso que antes que qualquer estratégia seja definida e aplicada no negócio virtual, é necessário que exista uma avaliação criteriosa sobre as opções disponíveis e quais delas são as ideais para a realidade do seu e-commerce em específico.

Pensando nisso, selecionamos algumas dicas e orientações práticas sobre o que fazer e sobre o que aprender para montar sua estratégia de marketing para e-commerce. Acompanhe o artigo e tenha boa leitura!

Plano de negócios

Pode parecer lógico, mas existem muitos e-commerces que vão à falência por não contarem com um plano de negócios bem estruturado. Não importa o segmento de seu e-commerce, o tamanho ou a fase em que ele se encontra: faça um bom planejamento o mais rápido possível!

A forma mais simples e prática de se fazer isso é por meio da criação de um Plano de Negócios. Ou seja, do guia que servirá de base para a tomada de decisões futuras em seu e-commerce com melhor direcionamento e menos risco.

Com um plano de negócios será possível definir de forma clara as suas metas, objetivos e ações que serão tomadas a curto, médio e longo prazo.

É importante que você tenha em mente que é fundamental estruturar tudo isso em cima de um estudo criterioso sobre a sua persona e quais os itens e serviços que melhor atendem ao seu perfil.

Além disso, preocupe-se também em criar um calendário para divulgação de novos produtos e promoções em sua loja virtual. Ele deverá ser encaixado dentro do período que você definiu como o de “aplicação prática” de seu plano.

Por fim, planeje também seus investimentos. Seja o dinheiro ou tempo que você levará para concluir as ações que forem planejadas, quanto mais detalhadas as ações estiverem, melhor.

Plano de negócios montado, vamos aos próximos passos do marketing de sua loja virtual. Afinal de contas, como é possível ver na imagem abaixo, eles estão todos interligados, não é mesmo?

estratégias de marketing para e-commerce

SEO

No marketing para e-commerce o SEO tem um papel muito importante. Afinal, é por meio dele que seu e-commerce terá maiores chances de atrair tráfego qualificado.

Definir quais as palavras-chave que mais se relacionam com a sua loja virtual ajuda a aumentar a chance de ela ser encontrada por alguém que realmente tenha interesse naquilo que está sendo oferecido.

E como já é sabido: mais visitas geram maiores possibilidades de vendas! Alguns dados apontam que e-commerces que investem em SEO chegam a atrair mais do que o dobro de leads quando comparados com aqueles que não fazem uso dessa prática.

Marketing de Conteúdo

Dentre as estratégias de marketing para e-commerce, o marketing de conteúdo é aquela deve ser considerada seriamente, pois além de atrair internautas para dentro da sua página, também ajuda na geração do engajamento com o seu público.

Os recursos e ferramentas oferecidas por meio dessa estratégia tem a possibilidade de fazer com que todo o processo de crescimento do e-commerce seja mais sólido e eficaz. Além disso, é preciso considerar que os gastos com esse modelo não chegam a ser altos quando comparados com o retorno que ele pode oferecer.

É, portanto, um belo exemplo de uma relação custo x benefício que deu realmente certo!

Inbound Marketing

Essa estratégia tem como finalidade atrair um público mais específico para sua loja virtual. Ele ajuda a guiar o usuário durante todas as etapas da jornada de compra.

Na realidade, o inbound marketing é a maneira mais eficaz e mais usada quando o assunto é a atração de leads qualificados. Aqui é necessário retomar um tema já citado antes entre os tópicos: quem é sua persona.

Quando não existe uma persona definida, dificilmente alguma estratégia de marketing para e-commerce trará resultados satisfatórios. Na verdade, seria uma perda de tempo e dinheiro.

Por isso, avalie seu segmento e o tipo de público que pretende atingir. Defina sua persona e somente depois disso comece a pensar em desenvolver alguma estratégia de marketing para e-commerce.

Links patrocinados

Os links patrocinados – Google Ads – podem ser considerados como a solução de publicidade mais prática em termos de estratégias de marketing. Afinal, estamos falando sobre algo que já tem um modelo testado e muito conhecido.

Os anúncios veiculados por meio do Google Ads serão mostrados apenas quando um potencial consumidor procurar pela palavra-chave definida por você como sendo fundamental para seu negócio.

Ao usar essa estratégia, apesar de em contrapartida existir um investimento, os resultados também passam a ser notáveis.

Canais de marketing para e-commerce

Chamamos de canais de marketing os meios que podem ser usados no mundo digital como forma de captar clientes. Isso quer dizer que qualquer recurso online que tenha a possibilidade de atrair pessoas, conquistá-las e fidelizá-las pode ser considerado como tal.

É importante ressaltar que, embora todos os canais levem ao mesmo fim, cada um deles apresenta particularidades específicas que atendem determinados objetivos.

As diferenças não se relacionam apenas ao investimento, mas também a forma de abordagem, o tipo de mídia a ser usada e até mesmo a jornada da compra. Nesse sentido, veja alguns dos principais canais que podem ser usados nas estratégias de marketing para e-commerce:

Mídias sociais

As redes sociais podem ser consideradas como o melhor canal de relacionamento com o público, além de poder ser usado para atrair novas pessoas par a dentro do e-commerce.

A dica é ter atenção sempre à forma de cada uma das redes, já que há diferenças notáveis, e a qualidade do conteúdo que será veiculado em cada uma delas.

E-mail

É um mito de que o e-mail morreu. Na realidade, ele continua sólido como uma das melhores formas de se manter um relacionamento próximo com o público. Além disso, é possível enviar aquilo que realmente é útil para o potencial cliente.

Busca orgânica

A busca orgânica é o resultado das pesquisas que os usuários fazem nos motores de busca, a exemplo do Google.

Aqui voltamos ao marketing de conteúdo e SEO que apontamos anteriormente. Veja bem, a concorrência no mundo virtual é gigantesca e se você não contar com essas ferramentas para ajudá-lo a se destacar dificilmente terá resultados interessantes a médio e longo prazo.

Antes de escolher o canal para seu e-commerce tenha em mente de trabalhar um de cada vez. Dessa maneira, será mais fácil identificar aquele que está ou não funcionando.

Até aqui você conheceu algumas ideias excelentes de marketing para e-commerce. Mass ainda falta uma coisa: seja qual for a estratégia usada, acompanhe de perto as métricas para verificar se está realmente funcionando para o seu negócio. O que pode ser melhorado?

Quer saber mais sobre marketing para e-commerce e como aumentar as vendas da sua loja virtual? Aproveite e baixe agora mesmo nosso E-book Guia de Vendas para e-commerce e descubra em mais detalhes como é possível expandir seu empreendimento.

Serviços Flyon